E-BOOK 100% GRÁTIS "5 PASSOS PARA SER UM BOM MECÂNICO AUTOMOTIVO"

E-BOOK 100% GRÁTIS "5 PASSOS PARA SER UM BOM MECÂNICO AUTOMOTIVO"

5 Passos para saber como deve se comportar um mecânico automotivo de sucesso e ser reconhecido no mercado. Siga as instruções a seguir após inserir seu e-mail.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Unidade de comando (injeção eletrônica) – tipos

Unidade de comando (injeção eletrônica) – tipos

Olá!!! Tudo certo por ai. Hoje o assunto vai ser bem mais técnico porem, de grande valia para aqueles que desejam aprender mais a respeito de unidade de comando.

A unidade de comando, também conhecido por UCE, ECU, ECM, MCE e centralina é o cérebro de todo o sistema de injeção.

É ela que recebe os sinais de entrada (sensores), processa e aciona os atuadores. Sua localização depende muito do automóvel, podendo estar:

Na coluna da porta dianteira (lado do carona ou motorista) ou no compartimento do motor.

O início do sistema de injeção eletrônica no Brasil

Unidade de comando digital e analogicaO primeiro sistema de injeção lançado (unidade de comando) no Brasil (1989) foi o Le Jetronic da Bosch.

Trata-se de um sistema multiponto intermitente cuja unidade de comando é analógica.

Este sistema chegou a equipar o Gol GTi, o Monza Classic 500EF, o Escort XR3 2.0i, o Santana GLSi, o Kadett GSi, o Versailles Ghia 2.0i, o Uno 1.6R MPI, etc.

Logo em seguida surgiu a injeção digital com os sistemas Multec TBI 700 da AC Rochester, o G6/7 da Magneti Marelli e o Motronic da Bosch.

Deste o seu lançamento, inúmeros sistemas foram lançados. Atualmente, os grandes fabricantes de sistemas de injeção são:

  • Bosch, Magneti Marelli;
  • Delphi (antiga AC Rochester);
  • FIC, Siemens e uma parceria entre a VW, Bosch e Helia;

Tipos e sistemas de injeção

Dentre esses fabricantes de unidade de comando, surgiram diversas famílias como:

  • Jetrónic;
  • Motronic e Monomotronic (Bosch);
  • G6/7;
  • Microplex e IAW (Magneti Marelli);
  • EEC-IV e EEC-V (FIC);
  • Multec (Delphi);
  • Simos (Siemens);
  • Digifant (VW, Bosch e Helia);

Para cada uma das famílias foram surgindo os seus devidos sistemas. Veja um exemplo apenas da família IAW da Magneti Marelli:

    • IAW-4V3-P8;
    • IAW-403-P8;
    • IAW-G7;
    • IAW 1AB;
  • IAW 1AVB;

E etc. Você está percebendo, a imensa quantidade de sistemas de unidade de comando. Cada um com características próprias.

Daí a necessidade de o mecânico automotivo estar sempre atualizado. Atualmente, já estamos na era das unidades de comando com circuitos híbridos. O que reduziu a mesma, ao tamanho de um celular.

Com exceção do sistema LE Jetrónic, todos os demais sistemas utilizam unidades de comando digital, independe ser monoponto, multiponto banco a banco ou sequencial.

Para todos os sistemas de injeção, o sistema de ignição é digital e mapeada, inclusive o Le Jetrónic.

Este sistema necessita de duas unidades de comando, uma para a injeção analógica e outra para a injeção digital.

Módulo EZK da ignição digital mapeada.

Módulo EZK da ignição digital mapeada

Na linha GM, essa unidade de comando, tanto o disparo da centelha, como o seu avanço. Na linha VW, apenas do avanço, necessitando de uma terceira unidade, o já conhecido TSZ-i.

Ignição mapeada

Mapa de igniçãoIgnição mapeada, talvez você esteja se perguntando. Afinal de contas, o que é uma ignição mapeada?

Antigamente, o avanço da ignição ocorria automaticamente por meio de dois dispositivos, os avanços automáticos a vácuo e centrifugo, que se localizavam no distribuidor.

O avanço centrifugo age de acordo com a rotação do motor. Quanto maior, maior deverá ser o avanço. O dispositivo a vácuo avança a ignição de acordo com a carga do motor.

Com o sistema de injeção e ignição digital e mapeada, esses avanços começaram a ser controlado eletronicamente.

Sem interferência mecânica, por meio da unidade de comando do sistema de injeção (sistema digital) ou pelo módulo EZK (sistema analógico).

Para que o sistema avance automaticamente a ignição são necessárias três informações: rotação, carga e temperatura do motor.

Os sinais de rotação e carga, servem para a unidade de comando calcular o avanço, substituindo os avanços centrífugo e a vácuo.

A temperatura serve para corrigir esse avanço na fase de aquecimento do motor. Todas essas informações são captadas pelos sensores.

E-BOOK GRATUITO "5 PASSOS PARA SER UM BOM MECÂNICO AUTOMOTIVO"

E-BOOK GRATUITO "5 PASSOS PARA SER UM BOM MECÂNICO AUTOMOTIVO"

Baixe seu E-book grátis agora mesmo, e faça parte de atuais e futuros profissionais no ramo automotivo que estão decididos a ser melhores a cada dia que passa.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Fazemos isso, para oferecer a melhor experiência ao nosso visitante.